Geral Política Utilidade Pública

CARLINHOS, O MENOR QUE SE FEZ MAIOR, É LANÇADO PRÉ CANDIDATO A PREFEITO DO RIO DE JANEIRO PELA ABM/RJ

Compartilhe!

No dia quinze de janeiro de 2020, às quinze horas, na sede da Casa do
Sargento do Brasil, um grupo de homens de bens, representando diversos grupos e instituições, como a Bancada Militar, a Federação de Clubes e Associações Militares do Estado do Rio de Janeiro, FECAMIL, a Rede Solidariedade de Comunicação, REDE SOL, o Conselho de Pastores e Capelães do Estado do Rio de Janeiro, a UST, União Sindical dos Trabalhadores, o Instituto de Tecnologia Ambiental, CETRO, integrados através das Alianças Movidas pela ENOVAÇÃO, AME, após analisar o caos que se encontra nosso país, nosso estado e a nossa cidade, uniram-se na busca de representantes ao legislativo e ao executivo, compromissados e comprometidos com o povo.

Como ponto de partida, foi definida a escolha do empreendedor social, CARLOS ROBERTO DOS SANTOS, Presidente do Instituto Pró Menor, reconhecido nacional e internacionalmente, pela luta em prol das crianças e adolescentes, em situação de abandono e risco, como pré-candidato ao Executivo no município do Rio de Janeiro.

Agora, o próximo passo é a busca de pré-candidatos ao legislativo, que tenham o interesse em participar deste processo, de uma forma diferente, com maior entendimento, em relação ao seu posicionamento dentro deste processo político, cumprindo o seu papel de representantes do povo, priorizando a fiscalização do executivo, bem como buscar criar leis que venham a beneficiar as melhores práticas de gestão e governança pública, em prol de uma nova mentalidade política, do povo, para o povo e pelo povo, extirpando o velho conceito da velha política do toma lá dá cá, onde até hoje, tanto o legislativo e o executivo, aplicaram a lei de Gerson e o ditado farinha pouca meu pirão primeiro, agiram em benefício próprio, como uma verdadeira organização criminosa, desviando os recursos do erário público, que ao invés de serem investidos na educação, na saúde e na segurança, por exemplo, foram desviados para contas bancárias de políticos e cumplices, ou escondidos em meias, cuecas, caixas, malas, bolsas e apartamentos, transformando, desta forma, nossa sociedade em uma verdadeira terra de MALBORO, onde imperam o terror, a violência, a prostituição e as drogas.

O segundo passo é converter em verdadeiros líderes, nossos atuais líderes,sejam comunitários, eclesiásticos, cooperativistas ou sindicalistas, que até hoje, talvez pela falta de entendimento, agiram como verdadeiros Judas e mercenários, e como excelentes líderes que são manipularam a consciência de grande parte da sociedade, verdadeiros analfabetos políticos, que não sabem o valor de seu maior patrimônio, o voto.

Desta forma, no momento mais importante de nossas vidas, onde temos o direito universal de livre escolha garantido, tanto por DEUS, como pela nossa Constituição, entregamos este grande patrimônio por conversa fiada, promessa futura, cargo no legislativo ou no executivo, salário temporário, sacos de cimentos, cestas básicas, par de dentaduras e até notas de cinquenta reais rasgadas ao meio. Resultado: nossos políticos não são réus, mas sim vítimas, de nossa ignorância.

O terceiro, e talvez o mais importante, é a conscientização dos dirigentes das atuais 33 siglas partidárias, que até hoje, não demonstram o motivo de suas existências.

Grande parte destas siglas age como siglas de aluguel, vendendo apoio político a quem melhor pagar, e infelizmente, não dão legendas aos possíveis candidatos comprometidos com o povo, mas sim aqueles que têm alguma ligação com as organizações criminosas, que estão inseridas na administração pública, sejam candidatos de mandatos, ou pessoas direta ou indiretamente ligados ao político de mandato.

Desta forma, sempre estaremos sendo enganados por um verdadeiro
estelionato eleitoral, e o povo irá sofrer as consequências de suas
irresponsabilidades, assumidas no momento de não analisar suas melhores
escolhas ao executivo e ao legislativo.

Mas cremos que a nossa democracia começa a ser exercida de uma forma
mais clara e transparente, devido ao acesso do cidadão às diversas redes
sociais, e desta forma, melhor informado, passará a ter melhor entendimento, e assim, entenderá que não tem preço e sim valor, por que o preço já foi pago, há quase dois mil anos atrás, nem por ouro, nem prata, mas pelo sangue de JESUS derramado na cruz do calvário.

Desta forma, não estamos mais reféns do pecado, se quisermos, mas sim de nossa ignorância.
Hoje, com o advento da internet e das redes sociais, temos muito mais acesso ás informações e com certeza, podemos dizer que democracia se escreve com três C: Curtir, Comentar e Compartilhar.

Exerça sua cidadania, plena e total, no silencio das redes sociais, sem sujar as ruas, sem fazer polução visual ou sonora, na palma de suas mãos, no conforto de sua sala, sentado no seu sofá, sem levar borrachada da polícia, nem gás lacrimogêneo, muito menos spray de pimenta ou balas de borracha. Faça parte do Conselho Político das AME.

Visite, conheça e compartilhe, em todas as suas redes sociais, os nossos conteúdos; www.anovapolitica.com.br

Você também pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *